Um homem de 33 anos, morreu baleado pela própria esposa após ligar para a mulher afirmando que mataria ela e a filha do casal na cidade de Cândido Abreu, na região central do Paraná, na última terça-feira (11).

A situação aconteceu no distrito de Rio do Tigre, na zona rural do município. Segundo informações, a mulher de Fernando teria comparecido à Delegacia de Polícia no mesmo dia solicitando uma medida protetiva contra o marido. Ela dizia que era vítima de violência doméstica e temia pelo pior.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Mais tarde, no mesmo dia, ele ligou para a mulher para ameaçá-la. Na ligação, ele afirmava que iria até a residência, onde assassinaria a vítima e a filha do casal. Entretanto, após arrombar a porta da casa e invadir a residência por volta das 18h30, ele foi recebido por disparos de calibre .22, feitos pela esposa.

A informação é que o homem foi alvejado com pelo menos 7 tiros e não resistiu, morrendo no local. A vítima saiu com a filha da residência e pediu ajuda na estrada principal. A Polícia Militar (PM) compareceu e isolou o local até a chegada dos profissionais da Criminalística e Instituto Médico Legal (IML).

Após o acontecido, a mulher foi conduzida até a Delegacia de Polícia Civil, onde prestou depoimento e foi liberada logo após. O caso está sendo tratado como legítima defesa.

A Polícia Civil ainda revelou que há cerca de dois anos atrás, o irmão de Fernando também foi morto na mesma região. Ele também era acusado de violência doméstica.

Portal Guaíra com informações da Ric Mais