Por volta das 22h30 de sexta-feira (08), a Polícia Militar de Nova Santa Rosa foi acionada para atender uma briga. Os policiais se deslocaram até o local onde estavam as vítimas, as quais relataram que fizeram uma janta para um funcionário que trabalhou alguns dias para elas e estaria de saída da cidade. Contudo, na hora que teriam apresentado os valores do acerto do serviço, o funcionário não teria aceitado e a discussão se iniciou.

O acusado teria proferido vários xingamentos e uma das vítimas pediu para que o mesmo se retirasse do local. Como não foi atendido, tentou tirá-lo à força e entraram em vias de fato.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O acusado teria quebrado o celular da filha de uma das vítimas e na saída da casa teria ameaçado uma das vítimas dizendo que amanheceria morto.

A vítima relatou aos policiais que durante o evento, sua ex-esposa, da qual tem uma medida protetiva de afastamento, teria entrado na propriedade ao lado e filmado a confusão. Alguns instantes após a equipe deixar o local, uma das vítimas entrou em contato relatando que o acusado e seu irmão teriam danificado dois veículos seus utilizados para trabalho, sendo um caminhão e um Verona, que estavam estacionados do outro lado da rua onde fica a residência mencionada. Tentaram quebrar os vidros dos veículos e os retrovisores.

A PM fez buscas no intuito de localizar os autores, porém sem êxito.

Os envolvidos foram orientados e o boletim de ocorrência confeccionado.

Portal Guaíra com informações do O Presente