ad

PLANTAO-PGNa noite do último domingo (5), por volta das 21h, a Polícia Militar de Nova Santa Rosa foi acionada acerca de um homem que estaria armado com um facão e tentando invadir um estabelecimento no distrito de Alto Santa Fé.

PMs no local e de imediato encontraram um indígena com um corte profundo na região do pescoço, o qual informou, com dificuldades, que teria tentado suicídio após discutir com o filho.

Devido à gravidade da lesão, a equipe policial prestou apoio até o pronto socorro do município de Nova Santa Rosa para os primeiros atendimentos. Ao chegar ao atendimento médico, o índio ferido disse que seria morador do município de Guaíra, e que teria ido até a residência do seu descendente, onde teria ocorrido a discussão, porém não soube informar onde seria. Ele não portava documento de identificação. Após os primeiros socorros, o médico responsável informou que iria encaminhá-lo a outro município para os devidos cuidados.

Guaíra

Na noite de ontem (6), por volta das 23h30, a Polícia Civil de Guaíra recebeu comunicado da Unidade Central de Saúde, informando que o motorista da ambulância municipal havia se deslocado ao UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Toledo/PR, para transportar um paciente até a cidade de Guaíra.

Sendo que nas proximidades do distrito de Maracajú dos Gaúchos, ao parar para verificar como estava o paciente, percebeu que o homem havia entrado em óbito.

Diante dos fatos uma equipe de investigadores da Polícia Civil foi até a Unidade de Saúde e, após diligências, verificou que o homem que tinha morrido se tratava de Rafael Montiel Santa Cruz, 60 anos de idade, e reside na aldeia indígena Tekohá Marangatú.

Os setores competentes foram comunicados do fato.

Redação Portal Guaíra