Um pai é acusado de estuprar a filha de 12 anos, há pelo menos três anos, em Nova Aurora – cidade a 70 quilômetros de Cascavel.

A denúncia dos abusos sexuais chegou à Polícia Civil na segunda-feira (31), quando a avó da menina procurou ajuda. Ela revelou que os abusos eram praticados pelo homem desde quando a filha ainda estava com 9 anos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A adolescente já passou por exames no IML (Instituto Médico-Legal) para saber se houve conjunção carnal.

A Polícia Civil está recolhendo provas e deve ouvir o acusado nas próximas horas.

O Conselho Tutelar vai acompanhar a criança que segue sendo cuidada pela avó. A menina perdeu a mãe há alguns anos e vivia sob custódia do pai.

O crime de estupro de vulnerável – com vítimas de até 14 anos com atos libidinosos ou conjunção carnal, tem pena prevista de 8 até 15 anos de prisão.

Denúncias anônimas de abusos sexuais ou estupros devem ser repassadas imediatamente à Polícia Civil pelo 181 ou Polícia Militar 190.

Portal Guaíra com informações da Catve