ad

Em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, doze funcionários da Prefeitura são parentes da prefeita Beti Pavin (PSDB) e do vereador José Renato Strapasson, o Pelé (PTB). Pelé foi prefeito interino na cidade antes de Pavin assumir a Prefeitura.

Quatro secretários municipais, três diretores de departamento, três chefes de setor, um secretário de gabinete e uma procuradora são familiares de Pavin e Pelé. Todos foram nomeados neste ano de forma ilegal, de acordo com o Ministério Público (MP). Os promotores investigam o caso.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Prefeitura_Municipal_de_Colombo_Paraná_Brasil

 

A Prefeitura tem o prazo de dez dias para apresentar ao MP uma lista com o nome de todos os empregados em cargos comissionados que tenham algum grau de parentesco com a prefeita, com algum vereador ou algum outro funcionário.

Márcio Strapasson é secretário de Fazenda. Ao lado desta secretaria, está o departamento de compras. O chefe das compras, Geovane Moreira, é cunhado Márcio Strapasson. Na Procuradoria, uma das diretoras, Mariana Strapasson, é irmã de Márcio e cunhada de Geovane.

Em nota, a Prefeitura de Colombo informou que nenhum dos funcionários tem grau de parentesco com a prefeita que desrespeite a lei. Segundo a Prefeitura, a coincidência dos sobrenomes se deve à história da colonização italiana da cidade.

Fonte: Joice Hasselmann