O microfone tinha 25 cm de comprimento e 4 centímetros de diâmetro

Uma briga em um karaokê na China terminou com um microfone inserido no traseiro de um dos cantores amadores. O caso aconteceu no último dia 8, em Guangzhou, no sul do País.

O homem, conhecido apenas como Cai, chegou ao hospital reclamando de dores e não quis explicar aos médicos o que tinha acontecido. Para retirar o microfone do traseiro de Cai foi preciso uma cirurgia que durou duas horas.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O microfone tinha 25 cm de comprimento e 4 centímetros de diâmetro e estava introduzido tão profundamente no traseiro de Cai que não houve outra alternativa para retirar o objeto a não ser a cirurgia.

Apesar de Cai não querer falar sobre o assunto, a imprensa local diz que tudo começou após uma briga em um bar karaokê da cidade. Ele ficou 27 horas com o objeto introduzido em seu corpo.

Não se sabe qual era a música que Cai estava cantando na hora da confusão. Entretanto, em outros países é comum que as brigas comecem quando algum cantor amador não consegue interpretar direito a música “My way”, imortalizada por Frank Sinatra.

Já aconteceram até assassinatos nas Filipinas relacionados a pessoas que cantaram mal essa canção em karaokês, e alguns donos de estabelecimentos chegaram a apagar a música das máquinas para acabar com as brigas.

O microfone tinha 25 cm de comprimento e 4 centímetros de diâmetro
O microfone tinha 25 cm de comprimento e 4 centímetros de diâmetro

Portal Guaíra com informações Daily Mail