ad

Um homem de 70 anos da África do Sul que criava leões foi atacado e morto pelos animais em uma reserva particular no país na terça-feira (20).

Leon van Biljon, a vítima, tentava consertar uma cerca do espaço onde ficam os animais no momento em que foi atacado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Van Biljon era de uma cidade chamada Cullinan e era conhecido como “o homem leão”.

Ele era o dono de uma hospedagem na floresta chamada Mahala View Lion Lodge que tinha três leões, de acordo com o site sul-africano Netwerk24. Um deles matou o proprietário.

Os trabalhadores do estabelecimento atiraram nos leões para tentar chegar ao corpo de van Biljon, mas quando os médicos do serviço de emergência chegaram, ele já estava morto, de acordo com uma porta-voz de um serviço de saúde sul-africano.

Uma porta-voz da polícia afirmou à rede de TV CNN que os vizinhos também tentaram ajudar, mas não adiantou.

Portal Guaíra com informações do G1