A Polícia Federal de Guaíra promoveu na quinta-feira (04) a primeira incineração de drogas do ano.

Os trabalhos ocorreram em uma Cooperativa de Produtores na cidade de Mundo Novo/MS onde foram queimadas aproximadamente 10 toneladas de drogas (maconha/ crack/ cocaína).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O volume de drogas apreendidas aumentou significativamente em 2020. Em 2019 a PF em Guaíra havia apreendida 4,5 toneladas de maconha. Já em 2020 foram apreendidas 40,4 toneladas do entorpecente, ou seja, um incremento de 900% nas apreensões.

Esse é o total das apreensões realizadas pela apenas pela Polícia Federal e forças parceiras em ações conjuntas.

A integração das forças de segurança (PF, BPFRON, EB, TIGRE-GOA (PCPR) e BOPE/MS), através da OPERAÇÃO HÓRUS (PROGRAMA VIGIA – MJSP) foi fundamental para esse resultado. A união de esforços propiciou a realização de grandes apreensões de drogas, cigarros e outras cargas ilícitas.

Em uma única ação, por exemplo, foram apreendidas mais de 10,5 toneladas da droga (13/09/2020).

Merece destaque, ainda, a operação de bloqueio do Rio Paraná, com atuação permanente da PF e demais forças.

Em 2021 o objetivo é ampliar as ações de combate ao tráfico de drogas e demais delitos transfronteiriços. Para tanto, a PF Guaíra recebeu reforço em seu efetivo neste início de ano e deve ampliar ainda mais o número de policiais até o fim de 2021. No dia 15/01/21 foi publicado edital de concurso público para a contratação de mais de 1.500 policiais federais.

Na próxima semana a Delegacia de Polícia Federal em Guaíra vai divulgar o balanço das atividades da unidade em 2020.

Portal Guaíra com Assessoria