ad

[dropcap color=”#81d742″]A[/dropcap] estudante de Pedagogia, Elizabeth Flint, de 21 anos, foi presa em acusada de ter feito sexo em sua própria casa com um adolescente de 17 anos da escola Glenbard East High School, onde ela era estagiária.

“Ela usou sua posição de autoridade para abusar sexualmente do menor de idade em três diferentes ocasiões”, afirmou o promotor público Robert Berlin, que ainda acrescentou que as “alegações contra Flint são simplesmente repugnantes”.

Elizabeth já havia sido denunciada por colegas de trabalho, que armaram à polícia que a estagiária tinha um “comportamento estranho e suspeito”. Desde então, ela estava sendo investigada pela polícia americana.

Depois de ser presa, Elizabeth pagou fiança e deve ser julgada em liberdade. A primeira audiência do caso está marcada para o dia 4 de junho.

Portal Guaíra com informações do Portal Holanda


CLINICA SALUTAR