Foto: Reprodução
ad

[dropcap color=”#dd9933″]U[/dropcap]ma mulher grávida de 35 semanas foi encaminhada às pressas a um hospital na cidade de Pequim, na China, após acreditar ter algum problema com o bebê. Ela acordou cedo sentindo uma “dor de estômago” que logo foi evoluindo até se tornar insuportável. Levada às pressas ao hospital, ela chegou no local quase sem pulsação. Um ultra-som detectou que a mãe do bebê tinha um buraco com mais de sete centímetros dentro do útero. Pendurado para fora dele, estava o pé do menino.

Por ambos correrem risco de vida (a mãe, com uma hemorragia e o bebê com uma iminente infecção), a mulher, identificada como Zhang, foi submetida a uma cesariana de emergência. Em poucas horas os dois se recuperavam bem. Segundo o jornal norte-americano NY Post, os médicos investigaram as possíveis causas do incidente e descobriram que uma cirurgia feita em 2016 para retirar um mioma deixou um “ponto fraco” na região, que não suportou a força dos chutes do bebê. Eles lembraram, porém, que casos como esse são extremamente raros.

Portal Guaíra com informações do Massa News


CLINICA SALUTAR