As autoridades canadenses iniciaram investigações após um conselheiro bíblico realizar um exorcismo em um adolescente. O homem identificado como Carlos Macintyre publicou um vídeo no Youtube relatando que durante o ritual o adolescente se contorcia e sangrava muito. Toda a situação ocorreu em julho, mas somente após recentes denúncias o caso se tornou público.

Carlos estava trabalhando em um acampamento para jovens durante o verão quando executou o exorcismo. As investigações começaram após receber diversos relatórios sobre a situação, que foi registrada em 13 de julho deste ano.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com um relatório, Carlos realizou o exorcismo dentro de uma das cabines do campo, onde duas testemunhas viram o adolescente no chão sangrando pelo nariz, fazendo sons e se contorcendo.

“Ele estava possuído, ele estava ouvindo vozes em sua cabeça, ele estava vendo rostos zangados e este era um menino da mesma idade do meu precioso irmãozinho e eu estava tão emocionado”, relatou Carlos no vídeo.

O homem ainda afirmou que o procedimento foi autorizado pelo adolescente.

“Coloquei minha mão no peito desse menino outra mão em suas costas, eu o olhei nos olhos e disse tudo bem se eu orar por você. Ele disse ‘sim, por favor, eu só quero que isso pare’. Ele estava segurando as lágrimas. Comecei a orar no espírito e no momento em que comecei a orar, ele começou a tremer”, contou.

Carlos também contou os detalhes do suposto exorcismo e como o adolescente estava durante o ritual.

“Ele estava tremendo, seus olhos estavam rolando para trás em sua cabeça, seu nariz estava sangrando, as luzes começam a piscar. Ele caiu no chão mas eu consegui segura-lo, mas ele continuava tremendo, parecia estar em convulsão, ele também estava rosnando. Neste momento eu tinha uma sala cheia de meninos que estavam absolutamente aterrorizados”,detalhou Carlos.

As denúncias sobre o caso surgiram após vários campistas alertaram seus pais sobre o incidente. Alguns pais optaram por remover seus filhos do acampamento. O presidente do conselho do campo, Wayne Dick, confirmou à mídia local que eles estavam investigando o incidente.

Não há informações sobre o estado de saúde do adolescente que passou pelo ritual. Até o momento não foi informado pelas autoridades sobre o que deve acontecer com Carlos Macintyre.

Portal Guaíra com informações da RIC Mais