ad

Nesta terça-feira (3), por volta das 05h, equipes do Corpo de Bombeiros de Mundo Novo e Guaíra, com apoio do Exército Brasileiro, Marinha do Brasil e Polícia Federal, devem retomar os trabalhos de buscas pelo corpo da trigêmea Bianca, que ainda segue desaparecido no rio Paraná.

Os corpos de Giovani e Bruna Neves Brum foram sepultados na tarde de ontem (2) na cidade de Alto Piquiri, onde reside a familia. A Prefeitura da cidade decretou luto de três dias. O Colégio Estadual Manoel Bandeira, onde os trigêmos estudavam, suspendeu as aulas na segunda-feira.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Os três adolescentes (trigêmeos) eram filhos de uma pobre mas batalhadora e honrada mãe que criou e cuidou dos mesmos, basicamente apenas com auxílio voluntário e amoroso da população de Alto Piquiri, que auxiliou-a nas necessidades dos menores, criando assim com as mesmas, grande vínculo afetivo e amoroso”, diz o decreto assinado pelo prefeito Luis Carlos Borges Cardoso.

O guairense Marcos Roberto de Campos, 47 anos, que morreu tentando salvar os adolescentes, foi sepultado na manhã de ontem no cemitério de Guaíra.

BUSCAS PELO ÚLTIMO CORPO

Conforme o Comando de trabalho do Corpo de Bombeiros, as buscas por Bianca abrangem praticamente até o limite entre Brasil (Mundo Novo) e Paraguai (Salto del Guairá), abaixo da Ponte Ayrton Senna, pois o corpo da adolescente de 13 anos pode ter sido levado pela correnteza.

Por estar no terceiro dia do desaparecimento, acredita-se que o corpo deva boiar a qualquer momento, em algum lugar do Paranazão. Assim como também possa ficar enroscado em galhos e vegetações às margens do rio.

Sendo assim, segundo o Corpo de Bombeiros, o trabalho das equipes é passar por toda a margem e vasculhar.

Corpo foi encontrado na manhã de domingo (1)

Redação Portal Guaíra