Ricardo Santos da Silva, de 30 anos, morreu atropelado por uma carreta conduzida por seu amigo, na BR-262, em Terenos, a 32 quilômetros de Campo Grande, na tarde de quarta-feira (23). A vítima estava em uma cadeira de rodas no momento do acidente.

Conforme apurado, a vítima teria acabado de sair de uma borracharia, onde estava com o motorista da carreta.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com boletim de ocorrência, o autor relata que não viu Ricardo atravessando a rua Indaiatuba, e acabou passando por cima da vítima.

O motorista só teve consciência do que tinha ocorrido, quando populares gritaram para ele parar.

Ricardo ficou gravemente ferido e morreu antes do socorro chegar. Ainda conforme registro policial, o rapaz estava se recuperando de um acidente de motocicleta, por isso estava em uma cadeira de rodas, para preservar os movimentos da perna.

Por estar muito abalado, o motorista da carreta não foi para a delegacia imediatamente, mas se comprometeu a procurar a polícia assim que se acalma-se.

O Corpo de Bombeiros, a Guarda Civil Metropolitana (GCM) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) estiveram no local.

Portal Guaíra com informações do G1