Os servidores da Receita Federal de Mundo Novo, realizaram, nos últimos dias, duas apreensões que resultaram em prisões em flagrante. Em uma delas foi encontrada uma grande quantidade de medicamentos em posse de uma 1 pessoa e, na outra, foi realizada a apreensão de drogas amarradas ao abdômen de uma mulher.

Na quinta-feira (7), por volta das 16h30, horário local, os servidores da equipe de fiscalização de bagagens abordaram um veículo GM/Celta com placas da Limeira/SP e encontraram grande quantidade de medicamentos e anabolizantes proibidos. Os medicamentos estavam guardados em uma bolsa e uma caixa de bombons. Foram encontrados 60 frascos da substância anabolizante stanozolol (injetável), 3 mil comprimidos também da substância stanozolol e 1200 comprimidos do estimulante sexual Pramil.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O viajante, bem como os medicamento proibidos, foi encaminhado à Polícia Federal de Naviraí/MS onde foi preso e responderá pelo crime de Importação de medicamentos proibidos, cuja pena varia de 10 a 15 anos de reclusão.

Anabolizantes Limeira

Na manhã de segunda-feira (18), por volta de 10h, os servidores da IRF Mundo Novo abordaram, no Posto Fiscal Leão da Fronteira, um táxi paraguaio e encontraram drogas ocultas junto ao corpo de uma mulher. Haviam duas cintas amarradas com fita adesiva em seu abdomen e, após a retirada, verificou-se que se tratavam de 4,3 kg de Haxixe.
A viajante afirmou que pegou a droga no Paraguai e levaria até o bairro Paraisópolis em São Paulo capital. Ela receberia mil reais pelo transporte.

A jovem de 21 anos, juntamente com a sustância entorpecente, foi encaminhada à Polícia Federal em Naviraí/MS e responderá pelo crime de Tráfico Internacional de Drogas. A pena prevista para esse crime varia de 5 a 15 anos de reclusão.

2014-08-18 11.00.45

foto1

Haxixe

Portal Guaíra com informações da Receita Federal de Mundo Novo/MS