ad

[dropcap color=”#dd3333″]W[/dropcap]alter Pereira da Silva, 18 anos, conhecido como “Gringo”, acusado de matar com tiros o goioerense Lucas Fernando Soares Correa, 25, e ferir gravemente um amigo dele na noite de segunda-feira, 21, foi preso pela polícia de Paraíso das Águas, no Mato Grosso do sul, onde o crime aconteceu.

Ao fugir, Gringo teria ido até a casa de sua ex-namorada e lavado as mãos com perfume. Depois ele se dirigiu até uma boate, às margens da rodovia BR-060, onde se escondeu em um dos quartos do estabelecimento.

Quando a polícia chegou à boate, Walter Gringo se escondeu atrás da porta do quarto onde estava, mas acabou sendo localizado. Ele ofereceu resistência à prisão e os policiais tiveram de usar força para dominá-lo.

Gringo negou veementemente ter sido o autor do homicídio, mas palavras das testemunhas indicam que ele efetuou os disparos que mataram Lucas e feriram seu amigo.

O motivo do crime seria ciúmes, uma vez que Lucas teria tido um relacionamento com a ex-namorada de Gringo.

O CRIME
O goioerense Lucas Fernando Soares Correa, de 25 anos, foi assassinado com seis tiros de revólver por volta das 20 horas de segnda-feira, quando estava em sua residência, na cidade de Paraíso das Águas, no Mato Grosso do Sul, onde residia.

Conforme informações da Polícia Civil de Paraíso, Lucas estava a casa com um amigo – Erick Souza dos Anjos, 25 -, quando teria chegado ao local uma pessoa conhecida como “Gringo” e efetuou vários disparos contra os dois.

Um dos disparos atingiu Lucas, que morreu no local. O amigo Erik ficou gravemente ferido e foi socorrido, tendo sido submetido a cirurgias durante a madrugada.

Portal Guaíra com informações do Goionews


CLINICA SALUTAR