ad

A ‘Operação Falco’ será lançada oficialmente em Três Lagoas/MS nesta quinta-feira (14) e contará com o reforço de aproximadamente 20% no efetivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF), além da utilização de tecnologias disponíveis, como o uso de radares fotográficos digitais para coibir o excesso de velocidade, etilômetros para combater a embriaguez ao volante, corpo de motociclistas da PRF e ônibus multimissão, onde será oferecido o cinema rodoviário com fins educativos aos condutores que forem flagrados cometendo alguma infração.

Como já priorizado pela Polícia Rodoviária Federal em outras ações onde há um aumento do fluxo e concentração de pessoas às margens da rodovia, como em festas e exposições agropecuárias, considerando a realização de um evento voltado ao público de motociclistas que acontecerá em Três Lagoas, a PRF promove o reforço concentrado no policiamento ostensivo preventivo em locais e horários estratégicos a fim de garantir aos usuários das rodovias federais, participantes ou não do evento, segurança, conforto e fluidez no trânsito.

_DSC0087

Espera-se um aumento do fluxo de veículos e de passageiros na região, o que geralmente vem associado a um elevado consumo de bebidas alcoólicas. Desta forma, atenta aos fatores que contribuem para o aumento de acidentes e mortes nas rodovias federais, a PRF somará esforços onde serão priorizadas ações preventivas para redução da violência no trânsito e de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, alcoolemia ao volante, ultrapassagens proibidas e envolvendo motocicletas e ciclomotores, historicamente com índices elevados de letalidade, além da fiscalização a equipamentos obrigatórios de segurança, alteração de características e estado de conservação do veículos.

Em 2013 foram realizados pela Polícia Rodoviária Federal 12.315 testes de alcoolemia com o uso do etilômetro, 25.191 infrações por ultrapassagens indevidas, 4.139 por excesso de velocidade e mais de 15.000 relacionadas ao estado de conservação dos veículos somente em Mato Grosso do Sul.

A intenção da Operação, além do combate ao tráfico de drogas e roubo de motocicletas, que poderá aumentar no período da festa, é inibir crimes de trânsito que possam ser cometidos por condutores, garantindo segurança nas rodovias federais. Para isto, potencializaremos o número de radares fotográficos, bem como de equipamentos de etilômetro que serão levados para região, onde será feita a fiscalização da chegada e o retorno dos motoristas à cidade de Três Lagoas.

Para operacionalizar esta ação, contaremos com um modelo sistemático de operação, onde cada integrante terá uma função previamente definida. Neste modelo, equipes de motociclistas realizarão o motopoliciamento, equipes para atender flagrantes, outras para recolhimento de veículos e também uma mine central de checagens.

Estará presente, ainda, a equipe da CRET (Comissão Regional de Educação para o Trânsito), que buscando sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro, convidará o condutor flagrado cometendo alguma infração a assistir a vídeos que mostram comportamentos inadequados no trânsito e as consequências dessas condutas, enquanto aguarda a notificação. Os motoristas terão a oportunidade de fazer uma reflexão sobre suas atitudes e assimilar novos hábitos.

_DSC0102

_DSC0102[1]

_DSC0131

_DSC0152

Portal Guaíra com informações da PRF/MS


CLINICA SALUTAR