Força Nacional atua no patrulhamento das fronteiras com países vizinhos (Arquivo)

Dois integrantes da Força Nacional de Segurança e um funcionário da Prefeitura Municipal de Naviraí/MS foram presos em flagrante pela Polícia Federal e acusados de peculato.

O episódio ocorreu na tarde de ontem (18), quando um comboio da força Nacional juntamente com a Polícia Federal foi levar um caminhão com carga de cigarros e uma van com produtos apreendidos, para serem entregues na Receita Federal em Mundo Novo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ao término da operação os dois homens da Força Nacional foram flagrados, juntamente com o motorista da prefeitura que conduzia a van, desviando algumas mercadorias (celulares, perfumes, videogames).

O flagrante foi realizado pela PF, que conduziu os três autores para a Delegacia de Polícia Federal de Naviraí, aonde eles foram autuados, ficando presos a disposição da Justiça.

A Polícia Federal e a Força Nacional não quiseram se pronunciar sobre o assunto.

No município de Naviraí a equipe da Força Nacional de Segurança trabalha diretamente com a Polícia Federal. O comando da Força Nacional no MS fica em Ponta Porã e segundo informações, irá trocar todo o efetivo que está em Naviraí.

Em Mato Grosso do Sul, a Força Nacional de Segurança vem atuando na região da fronteira com o Paraguai desde 2016. Desde então, a pedido do governo estadual, a permanência dos policiais vem sendo prorrogada, principalmente para evitar conflitos agrários, sobretudo entre indígenas e produtores rurais e seus seguranças. A presença do efetivo também visa a coibir o tráfico de drogas, contrabando, armas e munições, entre outras práticas ilícitas na região de fronteira.

As informações são do Campo Grande News