ad

Mesmo com o início da Operação Ágata 11 na manhã dessa segunda (13), as quadrilhas que atuam no lago de Itaipu e rio Paraná não se intimidam, e tentam de toda a maneira seguir com o trabalho ilícito, tanto que na madrugada de hoje (14), mesmo sob o frio que faz em nossa região, Agentes Federais de Guaíra em trabalho conjunto com o Grupo de Pronta Intervenção (GPI) de Curitiba, apreenderam nova embarcação carregada com cigarros contrabandeados do Paraguai.

A ação se deu no momento em que os Policiais avistaram um barco deixando o Paraguai (Salto del Guairá) e subindo o Paranazão sentindo a Ponte Ayrton Senna.

Mesmo sinalizando para que o condutor da embarcação parasse, este não respeitou e seguiu em fuga, dando inicio ao acompanhamento tático.

Sempre com a mesma estratégia para tentar escapar do cerco policial, o ajudante jogou algumas caixas de cigarros no rio na tentativa de retardar a abordagem da PF, além do uso de focos luminosos para ofuscar a visão dos Agentes.

Já no Mato Grosso do Sul, região da Ilha Grande, o piloto jogou a embarcação contra a margem e com o ajudante conseguiu fugir adentrando a mata. Buscas foram feitas, mas os “cigarreiros” não foram encontrados.

Foram apreendidos cerca de 25 mil maços de cigarros, além da embarcação equipada com motor Yamaha de 200HP, e encaminhados ao NEPOM em Guaíra.


CLINICA SALUTAR