ad

Agentes Federais de Guaíra e o Grupo de Pronta Intervenção (GPI) de Curitiba, realizaram novas apreensões de embarcações no rio Paraná na madrugada de hoje (11).

Foram apreendidas duas embarcações de grande porte, tipo “Galo”, equipadas (cada uma) com motores Yamaha de 200HP, e carregadas com cerca de 300 caixas de cigarros de origem paraguaia, totalizando aproximadamente 150 mil carteiras de cigarros.

A ação acorreu na madrugada deste sábado, quando os Agentes Federais realizavam patrulhamento embarcado no lago de Itaipu e visualizaram duas embarcações de grande porte, deixando o Paraguai e navegando em alta velocidade, sentido a ponte Ayrton Senna.

Foi realizada aproximação a fim de interceptar as embarcações suspeitas, porém, os condutores não obedeceram a ordem de parada, iniciando-se acompanhamento tático pelo rio Paraná.

A perseguição durou alguns quilômetros, quando os condutores das embarcações suspeitas ao perceberem que seriam interceptados, juntamente com seus ajudantes, se atiraram nas águas do Paranazão e deixaram que os barcos atingissem a margem da “Praia do Cascalho” com toda velocidade.

Buscas foram realizadas no intuito de localizar os indivíduos, mas sem sucesso.

As embarcações em aço, carregadas com cerca de 150 caixas de cigarros paraguaio cada, foram encaminhadas a sede do NEPOM (Núcleo Especial de Polícia Marítima de Guaíra). Estima-se que o prejuízo dos contrabandistas ultrapasse R$ 690 mil.

Portal Guaíra com informações da PF/Guaíra


CLINICA SALUTAR