Um agricultor de 31 anos de idade, residente no Assentamento Pedro Ramalho em Mundo Novo/MS, foi preso no início da tarde de terça-feira (30), por uma equipe do Terceiro Pelotão da Polícia Militar, após agredir a companheira de 20 anos de idade, que está grávida de dois meses.

Ele havia na noite anterior, desferido tapas e socos no rosto da companheira, além de joga-la contra uma bicicleta, o que lhe  causou dores diversas pelo corpo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Informada de que seu amásio não poderia ser preso, pois não estaria mais em flagrante, mas que ainda assim, seria confeccionado um boletim de ocorrência em que ele figuraria como autor de lesão corporal, já que ela apresentava alguns  hematomas e também de ameaça, pois prometeu matá-la caso a Polícia fosse chamada, ela disse aos  militares que seu marido tinha várias munições guardadas em casa.

Foram localizadas em uma mala sobre o guarda-roupas, 25 munições de calibre .38, que haviam sido adquiridas no Paraguai por ele, que disse não possuir arma, fato comprovado pela mulher.

Diante disso, ela foi levada pelos policiais ao hospital de plantão e seu marido, conduzido à delegacia de Polícia, sendo posteriormente encaminhado à cadeia pública local, onde permanece à disposição da Justiça.

Muni. Maria da Penha

Portal Guaíra com informações da PM/Mundo Novo