Roberson Trindade Denuncio, 23 anos, foi assassinado em Mundo Novo/MS
ad

A execução de Roberson Trindade Denuncio, 23 anos, ocorrida na madrugada de quinta-feira (25), pode estar relacionada a crime passional, conforme informações do delegado José Eduardo Rocha, responsável pelas investigações. O jovem foi amarrado e assassinado com tiros na nuca, na casa onde morava, no assentamento Pedro Ramalho, na cidade de Mundo Novo, fronteira com o Paraguai. Na ocasião, o pai dele também foi amarrado, mas não presenciou o filho ser morto.

Leia Também:
MS – Mundo Novo: Jovem é morto com tiro na nuca

O delegado falou que descarta, por enquanto, envolvimento de Roberson com o tráfico de drogas e, apesar de não ter linha de investigação definida, acredita que o crime esteja relacionado a romance que o rapaz tinha com alguma mulher.

“Ainda é cedo para apontar um motivo. Nada é descartado. A hipótese mais forte é de crime passional”, disse a autoridade policial, sem dar mais detalhes sobre a suspeita para não comprometer a apuração do caso.

O pai de Roberson estava na casa quando o filho foi morto. À polícia, ele contou que dois homens invadiram o imóvel, agrediram-o com pancadas na cabeça e o amarraram quase desmaiado em um dos cômodos. Em seguida, foram para o quarto de Roberson e o mataram. O rapaz teve as mãos amarradas para trás e foi morto com tiros na nuca, de bruços, na cama onde dormia.

Assassinos podem ser do Paraguai

De acordo com o delegado José Eduardo, suspeita-se que os assassinos sejam do Paraguai e tenham sido contratados para cometer o crime. “Acreditamos que os pistoleiros sejam do país vizinho. Por isso, pedimos colaboração da polícia de lá nas investigações”, pontuou.

Roberson havia feito, no fim do ano passado, curso de vigilante, mas estava desempregado, segundo o delegado. Por enquanto, não há suspeitos. No local do crime, foram apreendidas duas cápsulas de munição de pistola calibre nove milímetros, usada no crime.

Roberson Trindade Denuncio, 23 anos, foi assassinado em Mundo Novo/MS

Portal Guaíra com informações do RegionalMS


CLINICA SALUTAR