Os mochileiros Tiago Escarcell Boher, de 32 anos, e Jennifer Santos, 19 anos, estão internados em estado grave na Santa Casa de Campo Grande, após um acidente na BR-060, no município de Paraíso das Águas (MS), na terça-feira (16).

O casal estava na etapa final de uma viagem em que já haviam percorrido 36 mil km e passado por todos os estados brasileiros. A dupla encerraria a viagem em Mato Grosso do Sul, após oito meses e 13 dias na estrada, quando o acidente ocorreu.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A colisão ocorreu por volta das 15 horas, quando um motociclista de 63 anos, que estava em uma motocicleta de luxo, tentou fazer a ultrapassagem de um caminhão em um local proibido e bateu contra a moto em que o casal de mochileiros estava. Tiago e Jennifer estavam no sentido oposto da via, conforme o boletim de ocorrência.

Com a batida, o casal foi arremessado para as margens da rodovia. Ambos foram socorridos e encaminhados para a Santa Casa de Campo Grande. O condutor da motocicleta de luxo foi atingido por uma carreta que transitava na rodovia e morreu no local.

De acordo com a Santa Casa de Campo Grande, Tiago Scarcell teve a perna esquerda amputada no acidente e segue internado em estado grave. Jennifer Santos sofreu múltiplas fraturas pelo corpo e está em observação no Centro de Tratamento Intensivo (CTI).

Na manhã de terça-feira (16), poucas horas antes do acidente, o casal publicou um vídeo no Facebook para comemorar os destinos já percorridos em pouco mais de oito meses de viagem. Na gravação, muito emocionados, eles soltaram fogos de artifício e comemoraram o fato de terem chegado ao estado.

“Concluímos os 27 estados [incluindo Distrito Federal] , acabamos de chegar em Mato Grosso do Sul, demos a volta no Brasil! Acabamos de chegar e estamos cansados. Ontem dormimos só três horas, tá sendo uma história que está marcada. Nem sei o que dizer, bora viver!”, disse Tiago, horas antes do acidente.

Portal Guaíra com informações do G1