Uma caminhonete descontrolada atropelou e matou uma mulher de 63 anos e posteriormente bateu violentamente contra um poste de sustentação da rede elétrica na tarde de sábado (15), na região da Vila Operária, em Iguatemi/MS.

Segundo a Polícia Militar local, a Ford F-1000 cor prata, placas HQJ 2336 que pertence a Luiz Carlos Rodrigues, de 46 anos, mas testemunhas teriam relatado que na hora do acidente o veículo era conduzido por uma mulher até o momento identificada apenas por “Mocinha”.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com a Polícia Civil de Iguatemi que atua nas investigações do caso, após o acidente o proprietário da F-1000, Luiz Carlos e a mulher que supostamente estaria dirigindo o veículo, teriam abandonado a caminhonete e fugido do local sem prestar socorro à vítima.

Segundo a polícia, ao ser atropelada a vítima, Feliciana Areco de Oliveira, de 63 anos, sofreu fratura exposta em uma das pernas e ferimentos pelo corpo.

De acordo com a PM, Feliciana, que seria bem conhecida entre os moradores da vila onde residia, chegou a ser socorrida ainda com vida por uma ambulância pertencente à Prefeitura de Iguatemi, mas acabou morrendo quando recebia atendimento de emergência no PAM (Pronto Atendimento Municipal) local.

Conforme a Polícia Civil, até o final da manhã de domingo (16), nem o proprietário da caminhonete, Luiz Carlos Rodrigues, que seria morador na região do bairro Santa Jalmira, em Iguatemi e nem a mulher que supostamente estaria conduzido a F-1000 na hora do acidente, haviam comparecido na Delegacia local para prestar esclarecimentos sobre os fatos.

Na Delegacia de Polícia Civil de Iguatemi, unidade policial responsável por apurar o caso, o acidente foi registrado como “homicídio culposo na direção de veículo automotor”.

No Boletim de Ocorrência número 851/2014 também consta “omissão de socorro qualificada”, já que a vítima entrou em óbito.

Cinco vítimas fatais em um mês

Feliciana Areco foi à quinta vítima fatal de acidente de trânsito em pouco mais de um mês em Iguatemi.

No dia 12 de outubro um acidente ocorrido na saída para Eldorado envolvendo três carros deixou três pessoas mortas,

Aparecido Neres de Oliveira, de 59 anos e a carona, Nadir dos Santos Oliveira, de 49 anos, que estavam em um veículo Fiat Uno e que teria provocado o acidente ao fazer uma ultrapassagem em local proibido, morreram no local e a passageira de um Honda Civic atingido pelo Uno, Elpídia Souza de Oliveira, de 60 anos, morreu uma semana depois em um hospital na cidade de Dourados onde estava internada desde o dia do acidente.

No mesmo dia 12 de outubro, um capotamento ocorrido em uma estrada de terra que liga Iguatemi a Japorã, nas proximidades de Iguatemi, ceifou a vida de João Lopes da Silva, de 28 anos.

Durante a capotagem ele foi jogado para fora do veículo que conduzia, um GM Corsa cor branca.

CAMINHONETE-DESGOVERNADA-MATA-IDOSA-EM-IGUATEMI

CAMINHONETE-DESGOVERNADA-MATA-IDOSA-EM-IGUATEMI-2

CAMINHONETE-DESGOVERNADA-MATA-IDOSA-EM-IGUATEMI-3

Fonte: A Gazeta News