O superintendente da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, Edgar Marcon, confirmou o suicídio do delegado Eduardo Jaworski Lima, com um tiro no peito, na noite de quinta-feira (26), em sua sala, no terceiro andar do prédio da superintendência da PF, em Campo Grande/MS.

Eduardo Jaworski tinha aproximadamente 15 anos de carreira na PF e estava há dois anos em Campo Grande, de onde veio transferido de São Paulo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ele estava a frente da delegacia regional de Combate ao Crime Organizado e era o segundo homem na hierarquia da superintendência. Ele deixa uma filha de dois anos.

A perícia esteve no local para fazer os levantamentos.

delegado-ms

pf-funeraria

Fonte: Correio do Estado