Dois adolescentes, de 15 e 16 anos, confessaram a autoria do assassinato de Celeste Vedoja e Ávio Rodrigues Máximo, de 77 e 84 anos. Segundo a Polícia Civil, o casal de idosos foi morto a facadas para que os adolescentes pudessem roubar R$ 20, além de produtos de higiene e cosméticos. O casal foi assassinado em casa na noite de sexta-feira (5), em Coxim (MS).

As investigações sobre a morte de Ávio e Celeste ganharam novos rumos depois que um áudio supostamente enviado pelos verdadeiros assassinos do casal foi encaminhado aos policiais militares de Coxim. Na gravação, os dois assumiam a autoria do crime e comemoravam a morte do casal.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Com fotos, nomes dos suspeitos e os áudios em mãos, os policiais começaram as buscas pela dupla na cidade. O primeiro a ser encontrado foi o mais novo dos adolescentes, um rapaz de 15 anos. Ele logo confessou que ele e outro adolescente invadiram e mataram os dois idosos.

Depoimento
Em depoimento, o jovem de 15 anos detalhou que meses atrás conheceu uma pessoa que por algum tempo trabalhou com Celeste. Foi esse antigo funcionário que contou a ele que os dois idosos recebiam as aposentadorias sempre no fim do mês, retiravam tudo do banco e guardavam em casa. Ao saber disso, resolveu assaltar a residência pela primeira vez.

Há cerca de dois meses o jovem entrou sozinho na casa, achou a carteira de Ávio e fugiu. Naquela ocasião, a carteira estava vazia e dois dias depois, o suspeito jogou os documentos que havia furtado no quintal do casal, por cima do muro.

Na noite de sexta-feira, 5 de agosto, o suspeito saiu de casa para curtir a noite com os amigos, e encontrou um rapaz de 16 anos. Após tomar várias bebidas alcoólicas com o amigo, o adolescente resolveu assaltar os idosos de novo.

Os dois jovens encontraram Ávio dormindo em um sofá, na área externa da casa e foram direto ao local em que ele guardava a carteira. No meio da ação, no entanto, o idoso acordou. Na versão do adolescente, o homem se armou com uma faca e partiu para cima dele. Com um cabo de vassoura o rapaz reagiu.

Ele contou em depoimento que acertou o idoso com um pedaço de madeira e com isso conseguiu arrancar a faca dele. Naquele momento, ele golpeou Ávio várias vezes. Depois disso, ouviram barulhos vindos do quarto e foram até ele. Encontraram Celeste, que também foi morta a facadas.

Conforme o boletim de ocorrência, os corpos do casal foram encontrados pela cuidadora na manhã de sábado.

Morte por produtos de beleza e R$ 20
Com os dois moradores mortos, os adolescentes começaram a revirar a casa. Depois de olharem em todos os cômodos, encontraram apenas R$ 20 e revoltado com a falta de dinheiro, o jovem de 15 anos ainda pegou a bolsa de Celeste, cremes, sabonetes e perfumes.

Um dos adolescentes relatou à mãe sobre o ocorrido. A responsável queimou as roupas dele e ajudou a encobrir o crime. Em razão disso, pode ser presa por ocultação de provas.

De acordo com o registro policial, na casa do menor de 16 anos, foram apreendidos perfumes, sabonetes, cremes da vítima e a roupa usada no crime. Além disso, a Força Tática também apreendeu dois celulares, os pedaços de pau e a barra de ferro.

Portal Guaíra com informações do G1