O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais informou, neste domingo (9), que são oito os mortos no desabamento de rocha no cânion de Capitólio (MG). Duas pessoas estão desaparecidas.

Em nota, a corporação explicou que a mudança no número de óbitos se dá em decorrência da própria característica do acidente, já que muitas pessoas foram socorridas por embarcações que estavam na região e levadas por meios próprios para unidades hospitalares. A informação anterior é de que haviam sete mortos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O Corpo de Bombeiros diz ainda, na nota, que inicialmente as vítimas foram classificadas como desaparecidas, mas que ao longo do dia, graças à força-tarefa em atuação na região, foi possível fazer contato com as pessoas.

A estimativa inicial de 19 desaparecidos inclui, portanto oito mortos, dez pessoas localizadas por telefone e duas que continuam desaparecidas.

A queda ocorreu por volta do meio-dia de ontem e atingiu pelo menos quatro barcos de turistas. As vítimas foram levadas para hospitais das cidades de Passos, Piumhi e São José da Barra. Segundo os bombeiros, pelo menos 30 pessoas ficaram feridas.

Os trabalhos de busca pelas pessoas desaparecidas foram retomadas neste domingo (9), às 5h.

Portal Guaíra com EBC