(Foto: Reprodução/Sbt News)

A Polícia Militar de Minas Gerais confirmou que quatro pessoas tinham a intenção de furtar pertences no avião que transportava a cantora e compositora Marília Mendonça. A aeronave caiu na zona rural de Caratinga (MG) na última sexta-feira (5).

Após a retirada dos corpos, o avião ficou na cachoeira esperando pela perícia. Durante a madrugada do último sábado (6), quatro pessoas desceram um morro com uma lanterna para furtar a aeronave. A segurança policial no local interrompeu o crime e chegou a usar tiros de bala de borracha em direção aos suspeitos que não foram identificados.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

No avião estava o diário da cantora onde ela escrevia suas canções, seu violão, malas e eletrônicos. Os advogados da cantora receberam os pertences da artista e já entregaram tudo para a família.

Portal Guaíra com informações do SBT News