Uma mulher de 30 anos foi morta a facadas pelo ex-companheiro no bairro Tropical, em Contagem, na Grande BH.

O crime aconteceu na noite de quarta-feira (4), um dia depois de a vítima registrar ocorrência de agressão contra o homem. Ele foi encaminhado à delegacia, preso em flagrante e teve a prisão ratificada pela Polícia Civil.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O homem foi encaminhado ao sistema prisional, onde recebeu a tornozeleira eletrônica. Após colocar o equipamento, ele deixou a prisão horas antes do assassinato.

De acordo com a Polícia Militar, após denúncia de moradores da região, os militares encontraram a mulher ensanguentada e caída em casa. Ela levou 16 facadas. Nove delas foram no rosto.

A vítima respirava com dificuldades e chegou a ser socorrida para a UPA Petrolândia, mas não resistiu.

Em conversa com a PM, vizinhos contaram que as brigas entre o casal eram constantes.

O homem tentou fugir do local do crime pulando muros e telhados de casas vizinhas, porém foi preso. Segundo os militares, ele confessou o crime e disse que não imaginava que a ex-companheira fosse morrer, porque, segundo ele, “vaso ruim não quebra”.

A faca utilizada no crime foi apreendida.

O suspeito foi encaminhado à delegacia, preso novamente pela Polícia Civil e pode responder pelo crime de feminicídio.

Portal Guaíra com informações do G1