Em discurso feito durante um culto na Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, no domingo (7), a primeira-dama Michele Bolsonaro disse que o Palácio do Planalto era governado por “demônios” antes da posse de seu marido, o presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Aquele lugar foi um lugar consagrado a demônios. Consagrados a demônios, cozinha consagrada ao demônio, Planalto consagrado a demônios.. e hoje, consagrado ao Senhor”, disse ela.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O presidente e a primeira-dama participaram de uma cerimônia em comemoração aos 50 anos de ministério do pastor Márcio Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha, na manhã de domingo (7), em Belo Horizonte.

“É uma guerra do bem contra o mal, mas eu creio que nós vamos vencer porque Jesus venceu na cruz do calvário”, disse Michele, se referindo às eleições presidenciais.

Ao contrário da primeira-dama, o presidente fez um discurso rápido, de pouco mais de dois minutos.

“Nós sabemos o que está em jogo, nós sabemos o que queremos para o nosso país, e não precisamos errar pra saber o que é bom e o que não”, falou.

Portal Guaíra com informações do G1