(Foto: Colaboração)

[dropcap color=”#dd3333″]O[/dropcap]s adolescentes que entraram armados em uma escola, em Medianeira, e atiraram contra os colegas devem ficar detidos por tempo indeterminado no Centro de Socioeducação (Cense) de Foz do Iguaçu.

A decisão foi publicada nesta segunda-feira (5), pelo juiz Hugo Michelini Júnior. A dupla foi condenada a cumprir a medida socioeducativa por tentativa de homicídio e resistência à prisão.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, o prazo máximo de internamento é de, no máximo, três anos. A cada seis meses, os garotos serão reavaliados e podem deixar o Cense antes do tempo limite.

A defesa dos jovens afirmou que vai recorrer da decisão.

O caso
Os dois adolescentes estão detidos no Cense, desde o dia 28 de setembro, quando o caso aconteceu. A dupla entrou armada no Colégio Estadual João Manoel Mondrone, em Medianeira, e atirou contra os colegas.

No local, dois jovens ficaram feridos. Um deles foi atendido e liberado no mesmo dia, enquanto o outro ficou 21 dias internado no Hospital do Trabalhador, em Curitiba. A segunda vítima se recupera em casa e ainda têm movimentos limitados.

Portal Guaíra com informações da Catve