Na manhã desta sexta-feira (4), a visita de Sergio Moro a unidade fabril da Cooperativa Agroindustrial de Maringá (Cocamar), no Paraná, foi interrompida. Isso porque ocorreu uma explosão no local, que matou dois trabalhadores.

Quando aconteceu o acidente, o ex-juíz discursava na sede administrativa da fábrica, que fica na mesma planta onde ocorreu a explosão de um tanque de fluídos de diesel.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Assim que soube do acidente, Moro interrompeu sua fala e prestou solidariedade às vítimas. Ele estava acompanhado do senador Álvaro Dias e do ex-ministro Xico Graziano.

Depois da sua fala, Moro faria um tour pela planta da fábrica e passaria perto do tanque que explodiu. O compromisso foi cancelado e o ex-ministro Presidência passa bem.

Em nota, a assessoria de imprensa de Moro disse que “Sergio Moro visitava a sede administrativa da Cooperativa Agroindustrial de Maringá, na manhã desta sexta-feira (4/3), quando foi informado da explosão na parte fabril da Cooperativa. Infelizmente, o acidente vitimou dois funcionários da Cocamar. Sergio Moro lamentou o acidente, prestou solidariedade ao corpo funcional e suspendeu a agenda de visitação” .

As informações são do Canal Último Segundo