Um trágico acidente foi registrado na noite de quinta-feira (20) no Contorno Norte do bairro Conjunto Ney Braga, em Maringá. Um jovem de 24 anos que retornava para casa após um dia de trabalho sofreu um acidente de motocicleta e veio a óbito, sendo encontrado por seu próprio pai.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente teria acontecido por volta das 22h30, porém o corpo só foi encontrado por volta das 00h10 pelo pai da vítima, que desconfiou da demora do filho ao retornar para casa.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A vítima, identificada como Lucas Santos de Oliveira, de 24 anos, trabalhava em uma empresa de telecomunicações na saída da cidade para Paiçandu. As informações são de que todos os dias o jovem fazia exatamente o mesmo trajeto do trabalho para a casa onde morava com os pais, no Jardim Sumaré.

Como não tinha o hábito de se atrasar, o pai de Lucas estranhou a situação e decidiu refazer o mesmo trajeto do jovem. Na entrada para o Conjunto Ney Braga o morador encontrou a motocicleta do filho no acostamento da pista e o cadáver do jovem caído à cerca de 75 metros do local.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, porém somente constataram o óbito do rapaz. Pelo estado como o corpo foi encontrado, legistas estimam que Lucas estaria morto há pelo menos 1h30.

Inicialmente a situação foi tratada pela PRF como uma queda de moto na rodovia, porém a Delegacia de Trânsito da cidade irá abrir um inquérito para entender as circunstâncias que tiraram a vida de Lucas.

O que levanta a suspeita dos investigadores é que a motocicleta do morador foi encontrada em pé com o cavalete, mesmo com vários sinais de avarias.

Existe a possibilidade de um segundo veículo ter se envolvido na colisão e o condutor deste teria parado para verificar a situação, tendo inclusive colocado a moto no cavalete e fugido na sequência sem prestar socorro. Porém, até o momento a linha de investigação é puramente teórica.

Portal Guaíra com informações do Plantão Maringá