Uma mulher foi presa na quarta-feira (2) acusada de matar a própria mãe de 68 anos em Maringá. De acordo com as informações, a prisão aconteceu após o Núcleo de Proteção à Criança (Nucria) ter ouvido a filha da autora, uma criança de 7 anos.

Durante a conversa, a criança contou detalhes de como a mãe havia matado a avó. O crime aconteceu no último dia 9 de agosto na Rua Travessa Botafogo, na Vila Operária. A idosa havia sido encontrada morta em cima da cama.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Inicialmente, a morte de Maria Aparecida Barbosa, foi apontada como natural. No entanto, algumas manchas de sangue na boca e no nariz da idosa chamaram a atenção dos investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que passaram a investigar o caso.

Vizinhos também relataram brigas entre mãe e filha. Por conta disso, o Instituto de Criminalística foi acionado para o local e o corpo da idosa foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Maringá.

Ainda no dia do crime, as duas filhas da idosa foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil para serem ouvidas. Logo após a necropsia, os exames indicaram que dona Maria havia foi morta por asfixia.

Portal Guaíra com informações do Plantão Maringá