Morreu no domingo (6), no Hospital Universitário de Maringá, o homem de 42 anos que teve 70% do corpo queimado durante uma confusão no pátio de um posto de combustíveis na PR-317, na saída de Maringá para Campo Mourão.

A vítima estava acompanhada de um casal ingerindo bebidas alcoólicas, quando, durante um desentendimento, teve o corpo incendiado pelo marido da mulher. Ele foi encaminhado ao hospital porém não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O suspeito, de 32 anos, foi preso em flagrante e assumiu a autoria do crime.

O CRIME

Segundo informações da Polícia Militar (PM), as três pessoas estariam consumindo bebidas alcoólicas juntas no estabelecimento quando entraram em uma discussão após a vítima ter mexido com a mulher do outro homem.

O marido ficou indignado e jogou líquido inflamável (álcool) no corpo do homem. Depois ateou fogo. A vítima de 42 anos teve cerca de 70% queimado. Ele precisou ser intubado e encaminhado ao Hospital Universitário, em estado gravíssimo.

A ocorrência mobilizou socorristas do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Portal Guaíra com informações do Plantão Maringá