ad

Um caso revoltante ocorrido na noite de terça-feira (10) no Conjunto Requião em Maringá/PR, chocou vizinhos, moradores do bairro, a polícia, imprensa e toda a cidade. Um bebê deu entrada na UPA Zona norte vítima de uma crueldade sem descrição.

Uma criança de apenas 6 meses sofreu ferimentos graves depois de ter sido jogada no chão e ainda agredida violentamente por um homem que entrou numa casa do Conjunto Requião, pegou o bebê e estava saindo da residência. Quando vizinhos perceberam, o sujeito estava com a criança no colo. Moradores das proximidades partiram para cima do homem que jogou a criança no chão, e passou a agredi-lo com chutes na cabeça, e depois saiu correndo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Populares tentaram pegar o agressor mais ele conseguiu escapar.  Rapidamente levaram a criança para a  UPA Zona Norte e, devido aos ferimentos, foi posteriormente encaminhada para o H. U. O estado de saúde é grave. Na casa, no momento em que o homem entrou, só estava a tia da criança, e para ela ele disse que era o pai.

O agressor de 26 anos, foi localizado e abordado pela equipe de um programa de TV andando nas proximidades do H.U. Quando os familiares e populares o avistaram, acabaram reconhecendo. Ele foi agredido e depois preso.

De acordo com informação do Coronel Padilha, o motivo dessa monstruosidade seria um desentendimento do agressor com a mãe da criança.

crianca-de-6-meses-e-agredida-em-maringa-3

crianca-de-6-meses-e-agredida-em-maringa-2

crianca-de-6-meses-e-agredida-em-maringa

Portal Guaíra com informações de Oséias Miranda/Roby News/Layene Cristina