Quatro funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) precisaram ser hospitalizados após beberem suco, em Maringá, na região norte do Paraná. Nesta segunda-feira (16), um trabalhador continuava hospitalizado.

A Polícia Civil informou que investiga supostas tentativas de homicídio contra os trabalhadores. A direção do Samu disse que cinco funcionários começaram a passar mal na madrugada de domingo (15).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

As vítimas são três técnicos em enfermagem, além de um enfermeiro e um motorista da instituição. Conforme a direção do Samu, todos beberam um suco que estava em uma embalagem aberta.

O diretor-técnico do Samu Regional Norte Novo, Maurício Caetano da Silva Júnior, disse que existe a suspeita de o suco ter provocado os sintomas. Apesar disso, o caso ainda é apurado.

Maurício afirmou ainda que os sintomas apresentados pelos pacientes são diferentes de uma intoxicação alimentar.

“Os funcionários estavam com bastante sonolência. Além disso, um deles chegou a desmaiar no banheiro. A suspeita é que tenha sido colocada alguma substância no suco, pois se o suco estivesse estragado, eles teriam sintomas gastrointestinais”, disse.

A embalagem do suco, que ainda contém resto da bebida, foi encaminhada para a perícia no Instituto Médico-Legal, segundo o delegado Luiz Henrique Vicentini.

Além disso, amostras de sangue dos funcionários serão analisadas para descobrir qual substância teria provocado os sintomas.

“Dependendo da substância que foi encontrada, das circunstâncias, vamos apurar qual crime será caracterizado. Pode ser simplesmente expor a vida a perigo, envenenamento por substância alimentícia e, em último caso, até uma tentativa de homicídio”, afirmou.

O Samu Regional Norte Novo disse que o atendimento à população não foi prejudicado pelo ocorrido.

Portal Guaíra com informações do G1