Lucas dos Santos de 18 anos foi levado para à Delegacia da Polícia Civil de Maringá

[dropcap color=”#dd9933″]N[/dropcap]a tarde de sexta-feira (10), um rapaz foi atropelado após assaltar um posto de combustíveis na cidade de Maringá. As informações são do repórter Andre Almenara. Segundo ele o acusado usando uma motocicleta Honda/Titan com placa de Maringá, estacionou no pátio de um posto de combustíveis – na Avenida Nildo Ribeiro da Rocha -, vestiu um capuz para não ser reconhecido e anunciou o assalto.

Sob a mira de uma arma de brinquedo, a funcionária da loja de conveniências entregou aproximadamente R$ 300 para o ladrão. No momento da fuga, Lucas Gabriel dos Santos teve dificuldade para ligar a moto. Depois de várias tentativa de partida, a moto funcionou, mas um frentista que tinha percebido a ação do marginal pegou o automóvel de uma funcionária e atropelou o bandido.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Vigilantes que estavam próximos seguraram o indivíduo até a chegada da Polícia Militar de Maringá. O frentista falou para o repórter André Almenara que tinha visto o suspeito chegar na moto, e que resolveu parar o bandido usando um carro. “Não aguentamos mais a falta de segurança em Maringá”, disse o funcionário.

Lucas dos Santos de 18 anos foi levado para à Delegacia da Polícia Civil de Maringá. Ele confirmou que usaria o dinheiro do assalto, e de outros que possivelmente praticaria no final de semana, para comprar uma arma de verdade. Sem economizar palavras, o bandido falou que se a arma fosse de verdade tinha baleado o funcionário do posto. Ele declarou que assim que sair da cadeia vai acertar as contas com o frentista que o atropelou.

Acompanhe o momento em que a moto do bandido é atingida pelo carro

Portal Guaíra com informações do Portal do Noroeste