Teve início por volta das 18h de domingo (19), a 22ª rebelião na PEM (Penitenciária Estadual de Maringá), que fica na divisa com a cidade de Paiçandu/PR.

Segundo informações, presos recém chegados/transferidos de Cascavel deram início ao motim na hora do jantar.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Conforme o Blog de Leandro Oliveira, 10 agentes penitenciários ficaram reféns, desses, oito conseguiram escapar com muitos ferimentos e foram encaminhados pelo Siate para hospitais de Maringá. Porém, dois deles ainda permanecem sob a ameaça dos criminosos.

A rebelião teria acontecido na 4ª galeria, e já está passando para a terceira.

Toda equipe da Polícia Militar com a tropa de choque está no local e reforços chegam a todo o momento.

Uma mulher nervosa, acabou jogando pedra em uma das viaturas, onde houve disparos de advertência.

Familiares de presos se concentram em uma área de 200 metros distante da PEM onde foi interditada.

Por volta das 21h30, a PEM comunicou a imprensa que dois agentes haviam se ferido nas mãos. 17 rebelados pertencem a uma das áreas da penitenciária, e reivindicam transferência de presos, que segundo informações do O Diario, deve acontecer até às 10h desta segunda-feira (20).

Os amotinados dizem pertencer à organização PCC (Primeiro Comando da Capital).

REBELIAO-NA-PEM-EM-MARINGA-8

REBELIAO-NA-PEM-EM-MARINGA-9

REBELIAO-NA-PEM-EM-MARINGA

REBELIAO-NA-PEM-EM-MARINGA-2

REBELIAO-NA-PEM-EM-MARINGA-3

REBELIAO-NA-PEM-EM-MARINGA-4

REBELIAO-NA-PEM-EM-MARINGA-5

REBELIAO-NA-PEM-EM-MARINGA-6

REBELIAO-NA-PEM-EM-MARINGA-7

Portal Guaíra com informações do Blog de Leandro Oliveira
Fotos: Repórter Valdir Costa