Um delegado e um investigador da Polícia Civil em Maringá, no norte do Paraná, trocaram tiros com suspeitos após presenciarem a execução de um motociclista, no sábado (25). Os homens conseguiram fugir após o confronto.

De acordo com o delegado Luiz Claudio Alves, ele e um investigador voltavam de uma diligência quando viram um carro derrubando um motociclista. Após isso, dois homens que estavam no veículo atiraram contra a vítima.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Paramos a viatura, começamos a verbalizar. Um destes indivíduos passou a efetuar disparos contra nós, quando iniciou uma intensa troca de tiros”, afirmou.

Segundo o delegado, os dois homens entraram no carro e fugiram do local.

“Entramos no nosso carro, começamos a perseguição até o ponto que tivemos que reduzir a velocidade para não provocar acidentes de trânsito, e eles continuaram, porque não têm preocupação com a vida alheia”, disse Luiz Cláudio Alves.

Na sequência, os dois homens abandonaram o carro e fugiram a pé.

Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Nenhum dos agentes ficou ferido. O homem atingido pelos disparos tinha 45 anos e morreu no local do confronto.

O caso foi repassado para a Delegacia de Homicídios, que vai investigar a morte do motociclista e a tentativa de homicídio contra os policiais.

Portal Guaíra com informações do G1