marialvaUm professor de fanfarra foi preso essa semana sob acusação de estuprar três alunas em Marialva.

De acordo com o delegado, José Nunes Furtado, R. S. A., de 49 anos, foi professor de fanfarra do município durante 15 anos e que teria abusado sexualmente das estudantes durante muitos anos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“É o que chamamos de crime continuado, ele ameaçava elas de morte e praticava os atos libidinosos e estupros antes ou depois das aulas, na sala em que os instrumentos eram guardados”, explicou Furtado.

Segundo o delegado, as três vítimas eram crianças quando a violência sexual teve início, atualmente elas possuem de 14 a 17 anos. “Uma delas tinha apenas sete anos quando foi violentada pela primeira vez e até o final de 2012 ainda foi estuprada de novo.

Elas tinham muito medo dele, além de vergonha, por isso não contaram aos pais. A denúncia foi feita por outros professores que tomaram conhecimento do caso e nos contaram”, afirmou Furtado.

Desde o início de 2012 o acusado era investigado. “Como foi um crime continuado, realizado com portas fechadas, precisamos reunir provas, depoimentos, exames no Instituto Médico-Legal e avaliação psicológica com as vítimas. Agora ele está com prisão preventiva”, disse Furtado.

Fonte: Oséias Miranda/Odiario