ad

Neste sábado (18), será realizado o segundo Dia D da vacinação contra a Influenza (gripe). Na ocasião, estarão abertas das 8h às 15h, as unidades de saúde do Centro, Vila Gaúcha e Augusto. Moradores de bairros vizinhos podem ir até a unidade mais próxima que estiver aberta.
A campanha seguirá até o dia 31 de maio, respeitando o calendário já definido para atendimento dos grupos prioritários.

Grupos prioritários
crianças entre seis meses, cinco anos, onze meses e 29 dias, gestantes, puérperas (pós-parto) até 45 dias após o parto, trabalhadores da área de saúde, públicos e privados em todos os níveis, professores de escolas públicas e privadas (que devem pegar junto a instituição de ensino uma declaração que será disponibilizada), indígenas, pessoas com mais de 60 anos, população privada de liberdade e funcionários, adolescentes em medidas socio-educativas entre 12 a 21 anos e portadores de doenças crônicas (com receita de medicação de uso contínuo ou declaração médica).

Durante todo o período também serão feitas atualizações da carteira de vacinação.

Hipertensos
A Secretaria de Saúde informa que os hipertensos não se enquadram no grupo de portadores de doenças crônicas. Enquadram-se apenas casos de pressão alta associados a outras doenças.

Escolas e CMEI’s
Os pais receberão através da agenda dos filhos, o comunicado e demais informações sobre a vacinação que ocorrerá nas escolas e nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). Vale lembrar que entrou em vigência a exigência da carteira de vacinação atualizada para liberação da declaração de matrícula.

Primo-Vacinação
Crianças com idade entre seis meses e oito anos que nunca receberam a vacina contra a gripe, devem tomar duas doses da imunização. Já as que tiverem nove anos, mesmo que nunca tenham recebido a vacina, devem tomar apenas uma dose.

Doenças Crônicas
Enquadram-se como doenças crônicas, as doenças respiratórias crônicas (asma em uso de corticoide inalatório ou sistêmico, bronquiectasia, fibrose cística, doença intersticiais do pulmão, displasia broncopulmonar, hipertensão arterial pulmonar, crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade e DPOC), diabetes (tipo I e II), doenças cardíacas crônicas (doença cardíaca congênita, hipertensão arterial sistêmica com comorbidade, doença cardíaca isquêmica e insuficiência cardíaca), doença renal crônica (doença renal nos estágios 3, 4 e 5), síndrome nefrótica e paciente em diálise), doença hepática crônica (atrésia biliar, hepatites crônicas e cirrose), doença neurológica crônica (deficiência neurológica grave, doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular, condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela questão neurológica, AVC, paralisia cerebral, esclerose múltipla e condições similares), doenças imunossupressoras (doença de crohn, colite ulcerativa, artrite reumatoide, lúpus, psoríase, etc.), obesos (grau III), transplantados e portadores de trissomias (down, klinefelter, wakany, entre outras).

Portal Guaíra via Assessoria


CLINICA SALUTAR