Secretário de Segurança e Trânsito de Marechal Rondon, Jossoé Hahn Pinto

ad

O número de acidentes de trânsito em Marechal Rondon/PR caiu 34% nos primeiros quatro meses deste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

De janeiro a abril de 2013, a Polícia Militar rondonense registrou 197 acidentes na cidade. Já no primeiro quadrimestre deste ano, foram 130.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo reportagem do Jornal O Presente, os números são celebrados pela polícia, especialmente na redução das mortes. Neste ano ninguém morreu em acidentes no município (exceto rodovias), enquanto que em 2013 duas pessoas perderam a vida.

Não houve registro de acidentes com mortes envolvendo motocicletas (foto: O Presente)
Não houve registro de acidentes com mortes envolvendo motociclistas (foto: O Presente)

“Essa redução no índice de acidentes é para ser comemorada. Creditamos isso a uma melhor sinalização de trânsito da cidade e á ampliação da fiscalização”, destaca o responsável pelo Setor de Trânsito da Polícia Militar de Marechal Rondon, soldado Claudinei de Oliveira Garcia.

“As intervenções, como instalação de lombadas e travessias elevadas, além do controle mais efetivo da polícia, são fatores que contribuíram para reduzirmos os acidentes em Rondon”, analisa.

Secretário de Segurança e Trânsito de Marechal Rondon, Jossoé Hahn Pinto
Secretário de Segurança e Trânsito de Marechal Rondon, Jossoé Hahn Pinto

Para o Secretário de Segurança de Trânsito de Marechal Rondon, Jossoé Hahn Pinto, os números de acidentes ainda poderiam ser menores, mas já são motivos de alegria.

“Comemoramos esses números com grande satisfação, já que os investimentos feitos pela Administração Municipal através da Secretaria de Segurança e Trânsito estão trazendo, efetivamente, um resultado na redução de acidentes em nosso município. Outro ponto destacado pela polícia militar e que nos chama a atenção, é a instalação de Lombadas e Travessias Elevadas tão questionadas por alguns, e que, segundo a PM, são fatores importantes na redução dos acidentes”, comenta.

Jossoé pontuou os desafios da Secretaria de Trânsito e da falta de conscientização por parte da maioria dos motoristas.

“A maior dificuldade encontrada nesses dois anos frente à pasta, se dá em razão de que alguns motoristas, mesmo com todo o investimento, com toda a implantação de uma sinalização efetiva, não estejam respeitando. Constantemente, a secretaria realiza manutenção das mesmas, assim como são feitas campanhas de conscientização. O que precisamos mudar é a cultura, o hábito de ainda não respeitarmos as sinalizações existentes, aliado ao excesso de velocidade”, conclui Jossoé.

info-grafico-o-presente
Infográfico do Jornal O Presente

Portal Guaíra com informações do jornal O Presente