Um detento da Delegacia de Polícia de Marechal Cândido Rondon comandava uma quadrilha de tráfico de drogas que distribuía entorpecentes para a cidade e para os Estados de São Paulo e Rio Grande do Sul.

As informações são da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil, que ontem (09) cumpriu 19 mandados de prisão e busca e apreensão nas nos municípios de Marechal Cândido Rondon, Guaíra, Toledo, Maringá, São Paulo (SP) e nas cidades gaúchas de Bento Gonçalves, Farroupilha e Vacaria.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A operação culminou com a prisão de cinco pessoas somente em Marechal Rondon. Três delas já estavam detidas na delegacia, incluindo o acusado de comandar a quadrilha.

De acordo com a delegada responsável pela operação, Ana Cristina Ferreira da Silva, Leandro Perdorá da Silva, de 34 anos, era o chefe do grupo.

Mesmo detido na carceragem em Rondon, ele permanecia coordenando o envio de drogas de Guaíra para o Rio Grande do Sul.

Em Guaíra foram presos: Márcio Alexandre dos Santos Julião (vulgo Julião), Altamiro Aranda Tomaz (vulgo Bahiano) e Henrique Rodriguez da Silva (vulgo Vermelho).

No início da semana, uma revista da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos retirou 22 celulares de dentro das celas da delegacia rondonense.

SONY DSC

Fonte e Foto: O Presente