Uma discussão entre professora e aluno de um colégio estadual de Marechal Cândido Rondon foi parar na delegacia na última terça-feira (22). Conforme a Polícia Militar (PM), o aluno teria proferido ameaças e ofensas contra a professora, a qual, por sua vez, agrediu o jovem com um tapa.

A equipe policial foi acionada pela direção do colégio. A professora relatou aos militares que estava em sala quando o aluno começou a atrapalhar o andamento da aula. Segundo a educadora, o jovem estava “fazendo palhaçadas, falando alto e chamando a atenção dos colegas durante a apresentação de trabalhos”.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A profissional, então, pediu para que o aluno ficasse calado, mas ele, de forma debochada, abaixou a cabeça e riu, dizendo que a professora “teria usado maconha”. Neste momento, iniciou-se uma discussão e ambos saíram de sala.

A briga continuou pelos corredores e o aluno passou a ofender a professora, proferindo palavras de baixo calão, como, por exemplo, “vai fazer o quê, sua vadia?”, dentre outros xingamentos. Provocada, a educadora agrediu o jovem com um tapa no rosto.

Imediatamente, ela se dirigiu para a diretoria, onde aguardou a chegada da equipe policial. Os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para serem ouvidos pelo delegado de plantão.

Portal Guaíra com informações da Catve