Por volta das 10h da manhã de hoje (19), equipe PRF realizava fiscalização no perímetro urbano de Marechal Cândido Rondon, quando morador do distrito de Porto Mendes mostrou imagens de um caminhão de sucata alegando que um de seus ocupantes carregou implementos agrícolas de sua propriedade.

Esse morador também descobriu que sua vizinha vendeu uma sucata de carro, recebendo 3 notas falsas de R$ 100,00, totalizando R$ 300,00 e uma empresa de materiais de Construção, também vendeu sucata recebendo 20 notas falsas de R$ 100,00 (totalizando R$ 2.000,00).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Enquanto o morador relatava o fato, a equipe da PRF avistou o caminhão suspeito transitando na rodovia e entrando em direção ao centro de Marechal, sendo abordado na Av. Maripá.

O condutor do caminhão disse que recebeu ordens de sua empresa para retirar sucata em Porto Mendes, onde já havia sido feita a negociação de compra da sucata.

A equipe se deslocou até a empresa compradora da sucata e o responsável foi flagrado com 10 notas falsas de R$ 100,00.

Ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Federal de Guaíra.

Portal Guaíra com PRF