Marcio Rauber, prefeito de Marechal Cândido Rondon

ad

Através do Ofício 611/2019 – GAB, protocolado na secretaria da Câmara de Vereadores, o prefeito Marcio Rauber informa que não atenderá a notificação para comparecer à audiência de instrução da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI das Pedras. A oitiva está marcada para esta quarta-feira (26), na Casa de Leis.

Além do prefeito, também foram convocados os secretários municipais de Coordenação e Planejamento, Reinar Seyboth; da Fazenda, Carmelo Daronch; e de Viação, Obras e Serviços Públicos, Jefferson Dahmer. Ainda estão sendo intimados mais sete servidores municipais e um funcionário da empresa investigada.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Conforme destaca o chefe do Executivo Municipal, a notificação emitida pela CPI não observou as disposições legais, que asseguram o prévio ajuste para que o prefeito faça a indicação de dia, hora e local a ser inquirido, inclusive com a remessa prévia de cópias das peças que fundamentam a convocação para a oitiva.

Os membros da CPI das Pedras, vereadores Adriano Cottica, Arion Nasihgil e Portinho, deverão se reunir ainda nesta semana para definir qual o procedimento a ser adotado para a instrução do prefeito.

A CPI das Pedras investiga a execução de obras de pavimentação poliédrica pela Prefeitura entre janeiro de 2017 e 2019, utilizando-se de empresa que, supostamente, pertence ao vereador afastado Nilson Hachmann. Por ser vereador, ele não pode firmar contratos com a administração municipal.

O objetivo da Comissão é apurar se houve tráfico de informações e de influência política, bem como favorecimento ou vantagem concedida pela Prefeitura à referida empresa.

Portal Guaíra via Assessoria