ad

Protocolado no final da manhã de ontem (02) no Poder Legislativo de Marechal Cândido Rondon por um empresário de Marechal, o pedido de cassação do prefeito Marcio Rauber foi encaminhado pela Presidência para parecer da Procuradoria Jurídica da Casa de Leis, que se manifestará sobre a possibilidade ou não de admissão da denúncia.

Para o denunciante, o prefeito teria sido conivente ao permitir que empresa que, supostamente pertence ao vereador afastado Nilson Hachmann, firmasse contratos com a Prefeitura para a execução de obras.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Conforme a denúncia, o prefeito não observou os princípios de moralidade, impessoalidade, eficiência e legalidade que devem ser observados na administração pública, o que justificaria a abertura de processo de cassação do mandato pela Câmara de Vereadores.

As informações são da Assessoria de Imprensa