O técnico Mano Menezes aproveitou a massa de mais de 2,5 milhões de perfis que seguem no Twitter para anunciar pelo microblog que é o novo técnico do Flamengo. O treinador, que vinha negociando com o clube rubro-negro há alguns dias, escreveu às 20h44 desta quinta que estava aceitando um novo desafio na carreira.

“De Nação (Brasil) para a Nação (rubro-negra). Ser técnico do CR (Clube de Regatas) Flamengo é meu novo grande trabalho. Um orgulho!”, postou o treinador, fazendo uma referência a ter deixado o cargo na seleção brasileira e agora assumir como treinador do clube com maior torcida no País.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Mano treinou a seleção até o dia 23 de novembro, quando foi demitido pelo presidente da CBF, José Maria Marin. Desde então ele estava sem trabalho e conversou poucas vezes com a imprensa.

selecao
Mano Menezes é o novo técnico do Flamengo

O treinador vai assumir o lugar de Jorginho, demitido na quarta-feira passada, depois de uma eliminação precoce na Copa do Brasil e de um começo ruim de Brasileirão. No Flamengo ele vai trabalhar com alguns jogadores do seu empresário, Carlos Leite, como Elias e Gabriel.

O agente se aproximou do clube no começo do ano, por meio do diretor Paulo Pelaipe. O trio (Mano, Pelaipe, Leite) trabalhou junto na montagem do elenco do Grêmio, entre 2005 e 2007, primeiro grande trabalho do treinador.

O primeiro trabalho de Mano Menezes em um clube profissional aconteceu em 1997 no Guarani, de Venâncio Aires (RS). Seu primeiro trabalho de destaque foi no XV, de Campo Bom (RS), onde, em 2004, levou o clube à semifinal da Copa do Brasil, eliminando o Vasco na segunda fase do torneio – caiu na semifinal para o Santo André-SP, que na decisão ganhou do Flamengo.

O primeiro grande clube de Mano Menezes foi o Grêmio, clube que ele recolocou na elite do futebol brasileiro com a conquista da Série B, em 2005, na famosa “Batalha dos Aflitos” contra o Náutico, no Recife. Ainda conduziu o time tricolor a um bicampeonato gaúcho (2006 e 2007) e à final da Copa Libertadores de 2007 – derrota para o Boca Juniors, de Riquelme.

Em 2008 assumiu o Corinthians, onde atingiu o seu auge em clubes: novamente venceu a Série B, em 2008, e no ano seguinte, já com a presença de Ronaldo Fenômeno no elenco, foi campeão paulista e da Copa do Brasil. Em 2010, fez uma boa campanha com o clube na fase de grupos da Copa Libertadores, mas caiu nas oitavas de final para o Flamengo. O sucesso no Corinthians alçou Mano Menezes à seleção brasileira.

Fonte: Agência Estado