Com Luis Enrique, o Barcelona reencontrou a união entre talento e eficiência que tinha com Guardiola, e confirmou o sucesso no sábado, em Berlim. A Juventus deu trabalho, mas o sistema ofensivo catalão voltou a funcionar e conquistou a Liga dos Campeões da Europa, completando a tríplice coroa, símbolo de uma temporada perfeita – como já tinha acontecido em 2009. No sábado, o time venceu a tetracampeã italiana por 3 a 1 em final que teve como último lance um gol de Neymar.

O campeão espanhol e da Copa do Rei, porém, precisou suar para atingir o pentacampeonato europeu. Para somar mais uma taça da Champions League às erguidas em 1992, 2006, 2009 e 2011, precisou conter uma reação que a Juventus teve mesmo durante a final, quando passou de espectadora e candidata a sparring nos 20 primeiros minutos para um oponente que mostrou a razão de ser tetracampeã italiana e vencido também a Copa da Itália nesta temporada.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Enquanto tocava a bola como queria, o Barcelona ficou 55 segundos trocando passes consecutivamente até Rakitic abrir o placar, logo aos três minutos de jogo. Quando a Juve acertou sua marcação, equilibrou a final e empatou aos nove do segundo tempo, com Morata aproveitando rebote de chute de Tevez. Mas Suárez aproveitou bola que Buffon espalmou em seu pé na pequena área, logo após finalização de Messi, aos 23, para fazer 2 a 1. Coube a Neymar, que teve um gol anulado antes, protagonizar o último lance da decisão batendo nas redes de Buffon.

t_153459_barcelona-repete-2009-conquista-todos-os-titulos-da-temporada-e-levanta-a-taca-da-champions-league-neste-sabado-em-berlim

Portal Guaíra com informações da Gazeta Esportiva