ad

O Edital nº 889/2012, para contratação das obras de construção da segunda ponte entre Foz do Iguaçu, no Brasil, e Presidente Franco, no Paraguai, foi suspenso em caráter preliminar na quinta-feira (28). As empresas interessadas em realizar a obra tinham até esta sexta-feira (1º) para apresentar suas propostas.

De acordo com informações do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, o documento passará por ajustes, no sentido de estabelecer definições sobre o uso de mão-de-obra e insumos estrangeiros. Quando essas questões forem resolvidas, o certame, na modalidade de Regime Diferenciado de Contratações Públicas – RDC – será retomado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

No despacho de suspensão, o Presidente da Comissão Especial de Licitação do Dnit, Luiz Guilherme de Mello, considera que “ainda se encontra sob análise da área técnica os questionamentos impetrados pelas licitantes interessada em participar da licitação”.
A nova data será publicada no Diário Oficial da União e no site do DNIT, no momento oportuno.

A obra 

O projeto prevê uma ponte estaiada com cabos suspensos de 760 metros. A obra, que ficaria a uma distância de cerca de 7 km da Ponte da Amizade no Rio Paraná, não teve o custo revelado pelo Dnit. A previsão era de que a ponte ficasse pronta em 2016.

Fonte: Bonde